A todos um ótimo São João 2017

A todos um ótimo São João 2017

terça-feira, 11 de julho de 2017

Denúncia contra Temer já tem mais da metade dos votos necessários

Denúncia contra Temer já tem mais da metade dos votos necessários
No dia em que o relator na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da denúncia contra o presidente Michel Temer, deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ), apresentou um parecer pela aceitação da peça acusatória, 172 deputados federais já manifestaram ao GLOBO a intenção de votarem a favor da denúncia em plenário: mais da metade do número necessário para que seja autorizada a análise pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Caso seja aceita por 342 deputados — 2/3 da Câmara — e pelo STF, Temer será afastado por 180 dias até que o caso seja julgado.

No termômetro da denúncia contra Temer na Câmara, enquanto 172 parlamentares já demonstraram serem a favor da aceitação da denúncia contra Temer, 70 já disseram que são contra a autorização. Os indecisos somam 110 e 160 ainda não se manifestaram.

TERMÔMETRO DA DENÚNCIA NO PLENÁRIO: Veja a intenção de votos

Entre os deputados que já declararam voto contra Temer estão: Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) e o relator da denúncia na CCJ, Sergio Zveiter (PMDB-RJ), do partido do presidente;13 do PSDB, principal aliado do governo e 57 parlamentares do Partido dos Trabalhadores. Apenas um ainda não se manifestou.

Nesta segunda-feira, o deputado Sergio Zveiter leu na CCJ seu parecer favorável pela aceitação da denúncia. Para ele, há indícios suficientes "de autoria e materialidade para o recebimento da denúncia. De acordo com Zveiter, a investigação e apuração dos fatos é necessária.

Na CCJ, 20 deputados já se manifestaram como sendo a favor da denúncia. Quatorze se dizem contra e 15 indecisos. Ainda não houve a resposta de 17 parlamentares.

TERMÔMETRO DA DENÚNCIA NA CCJ: Veja a intenção de votos

A menos de uma semana para a votação da denúncia contra Temer na Comissão, nove deputados foram substituídos: seis já haviam se posicionado abertamente em resposta à enquete do GLOBO que votariam a favor da autorização para que o Supremo Tribunal Federal (STF) analise a denúncia contra o presidente Michel Temer. As trocas ocorreram até agora em cinco partidos da base aliada (PMDB, PR, PRB, PSD e SD).

Dos nove novos titulares, seis já declararam voto contra a denúncia. As trocas são vistas pelo governo como fundamentais para garantir a vitória na comissão, que tem 66 membros, e derrotar o parecer do deputado Sérgio Zveiter (PMDB-RJ).

Entre os substituídos declararam voto a favor da denúncia Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), Major Olímpio (SD-SP), Expedito Neto (PSD-RO), Jorginho Mello (PR-SC) e Delegado Waldir (PR-GO), e João Campos (PRB-GO).

 Foto: Ailton de Freitas

O Globo

Sem comentários: