Feliz Natal 2017

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Cássio garante legenda para Romero em 2018 e coloca em xeque união em torno de Cartaxo

Cássio garante legenda para Romero em 2018 e coloca em xeque união em torno de Cartaxo
Após manifestar publicamente algumas queixas contra o presidente do PSDB, Ruy Carneiro, o prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSDB), recebeu a garantia do senador Cássio Cunha Lima, que terá a legenda para disputar o governo do Estado, caso o partido opte por candidatura própria em 2018. Romero tem manifestado publicamente o desejo de disputar o governo do Estado nas eleições do próximo ano, mas, após impasses dentro do ninho tucano, tem sido duro nas críticas ao partido, principalmente devido as proximidades de Ruy Carneiro com o prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo (PSD).

Em entrevista a Rádio Correio FM Cássio, cotado como um nome para ser o candidato das oposições, declarou que pode deixar de disputar o pleito de 2018 para se dedicar e ajudar na campanha de Romero, caso esse seja o desejo do colega.

– Tenho maturidade pra admitir que hoje uma candidatura de Romero tem mais força que a minha. Conseguiu essa força por mérito dele, pelo trabalho desenvolvido e o PSDB não vai negar se ele for mesmo candidato. Eu mesmo posso não disputar vaga nenhuma pra ajudar ele. Romero tem essa garantia. É preciso compreender que nenhum partido hoje tem hegemonia política para eleger um governador. É preciso formar frentes, alianças e a unidade da oposição é muito importante – destacou.

Diante dos impasses envolvendo lideranças tucanas na Paraíba, o senador Cássio Cunha Lima que publicamente já se colocou como mediador entre o prefeito da Capital, Luciano Cartaxo (PSD), e o prefeito de Romero Rodrigues (PSDB), minimizou as polêmicas envolvendo o presidente da legenda no Estado, Ruy Carneiro. Cartaxo, tido como pré-candidato das oposições, e Romero, que quer se lançar também ao governo do Estado, vêm causando dor de cabeça por causa da disputa de atenção de Carneiro que, segundo Romero, acompanha o prefeito da Capital em diversas agendas, mas não dá o mesmo tratamento para ele.

Em outra entrevista, agora na Campina FM, Cássio lamentou a publicização dos conflitos, mas assegurou a legenda a Romero Rodrigues, caso ele venha mesmo ser candidato no próximo ano.

– É mais um desencontro de agenda. Já conversei com Ruy e vou falar com Romero pra tentar dar um freio de arrumação nisso. Não é bom para o partido que isso aconteça. Divergências existem, mas precisam ser tratadas internamente. Romero é percussor do partido antes mesmo de mim e o PSDB não vai negar legenda a ele – garantiu.

PB Agora

Sem comentários: