quinta-feira, 8 de junho de 2017

Preço do milho tem variação de 66% nas feiras em JP

Preço do milho tem variação de 66% nas feiras em JP
 O milho verde, principal ingrediente das comidas típicas das festas juninas já está sendo bastante procurado nas feiras livres de João Pessoa. A mão do milho, com 52 espigas, com ou sem palha, está com variação em torno de 66,67%, com preços entre R$ 30,00 a R$ 50,00. Uma variação bastante expressiva, principalmente para aqueles que adquirem o produto para comercialização das comidas típicas.

A esperança dos comerciantes é de que o preço da mão do milho apresente uma diminuição quando se aproximar o dia de São João. Na feira de Jaguaribe, a venda do produto está um pouco pequena, mesmo assim o cliente ainda pode encontrar boas espigas com preços entre R$ 30,00 e R$ 35,00. Já no Mercado Central, a mão do milho pode ser encontrada a R$ 30,00, podendo chegar até R$ 50,00.

Empasa Desde 2011 agricultores da Paraíba e estados vizinhos recebem incentivos por parte do Governo do Estado para escoamento de suas produções do milho verde, com isenção das taxas de entrada e ocupação de área nos três entrepostos da Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa). Neste ano, a mão do milho verde está sendo comercializada entre R$ 40,00 e R$ 50,00.

Conforme o presidente da empresa, José Tavares Sobrinho, a oferta do milho verde ainda está pequena. “A oferta está menor do que a procura, porém, ela tende a aumentar mais conforme a proximidade do São João”, explicou.

A sede da Empasa na capital fica na Avenida Raniere Mazilli, s/nº, bairro Cristo Redentor; em Campina Grande, na Rua Doutor Vasconcelos, bairro Alto Branco; e na cidade de Patos, Rua Projetada, 18, bairro Jardim Magnólia.

Comerciantes José Loureiro da Silva adquiriu o milho verde nos municípios de Conde e Alhandra e vende o produto na feira do bairro de Jaguaribe. Ele diz que muito embora a safra esteja boa, o produto está sendo vendido com preço alto para revenda. “Eu não entendo, no ano passado a safra foi péssima, enquanto que neste ano está sendo muito produtiva, porém, o preço do milho verde não baixou para nós revendedores, pois está sendo vendido ao mesmo preço do ano passado”, argumentou. A mesma reclamação também é feita pelo senhor João Salustiano que comercializa o milho verde há 20 anos no Mercado Central. Ele está adquirindo o produto nos municípios de Conde e Mamanguape com preços que variam entre R$ 20,00 e R$ 25,00 dependendo do tamanho e qualidade da espiga. “Muito embora a safra esteja boa, o preço do milho teve uma queda na revenda este ano e não está dando um lucro que satisfaça o comerciante”, disse.

Consumidores Reginaldo Paiva comercializa comidas de milho e disse estar achando o preço no momento muito alto. “A safra está boa e não se justifica vender a mão do milho a R$ 40,00”, afirmou.

Tércio Santos também vende comidas da época. “Comprei a mão de milho a R$ 40,00 o que se torna bastante caro quando nós vamos utilizar o produto para confecção de comidas. No ano passado o preço alto se justificava porque a safra foi ruim, mas neste ano a safra está muito boa, portanto, o preço deveria ser mais baixo”, observou

Redação

Sem comentários: