A todos um ótimo São João 2017

A todos um ótimo São João 2017

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Suar muito no treino não é sinônimo de queimar gordura

“O suor é a gordura chorando”. “Derreti o bacon”. “Sequei muita banha hoje”. Você já deve ter escutado muitos corredores dizendo frases desse tipo após terminarem um treino encharcados de suor. E, por acreditarem que transpirar durante o exercício significa queimar gordura, não é raro ver pessoas usando métodos “malucos” para suarem mais na atividade física – como correr de blusa em um dia ensolarado; desligar os ventiladores e fechar as janelas ao usar a esteira; e até enrolar um plástico na barriga.

Pois saiba que essas artimanhas são um grande erro e não ajudam em nada o emagrecimento. Quando você transpira, não está perdendo gordura e sim água. O suor faz parte de um dos quatro mecanismo que o organismo utiliza para evitar o aumento da temperatura corporal durante o exercício, que são:

– Irradiação É a troca de calor com o ambiente. É por isso que, se colocarmos muitas pessoas em um quarto frio, a temperatura do local aumenta.

– Condução Ocorre pelo contato direto de uma parte do corpo com um material sólido. Os animais costumam usar esse método mais do que os humanos – sabe quando um cachorro deita no chão gelado para se refrescar? Então…

– Convencção É redução da temperatura provocada pelo contato com o vento ou a água.

– Evaporação O calor é eliminado pela evaporação do suor. Esse é o mecanismo mais importante para controlar a temperatura corporal, especialmente durante a atividade física.


Ao treinar com uma blusa em um dia quente, por exemplo, você prejudica a irradiação, não sofre ação da convecção (vento) e a transpiração não é efetiva. Você vai até produzir bastante suor (muito mais do que o normal), porém, como ele não evapora, não reduz a temperatura do corpo.

Nessa situação, você irá se desidratar mais rápido e aumentará muito a chance de ter uma hipertermia (aumento da temperatura do corpo), podendo levar a uma intermação (quadro grave que pode resultar em morte). E, você não queimou mais gordura por causa disso. Apenas colocou sua vida em risco. Assim que acabar o treino, você irá ingerir líquidos e recuperar todo o peso que achou que tinha perdido, visto que não houve queima de gordura e sim desidratação.

Portanto, se você quer perder peso, consulte um nutrólogo ou nutricionista para ajustar sua alimentação e procure um profissional de educação física para planejar melhor seus treinos. Não pense que só suar bastante vai resolver…
fellipepb*Dr. Fellipe Savioli é ortopedista,
especialista em medicina esportiva,
fellow (membro) da Steadman-Hawkins
Clinic, no Colorado (EUA), e triatleta.

Sem comentários: