quinta-feira, 27 de abril de 2017

Sobre Reforma Trabalhista: “Ficou nítido com quem o povo não pode contar” diz Vereadora de JP

Vereadora sobre Reforma Trabalhista: “Ficou nítido com quem o povo não pode contar”
 A vereadora Sandra Marrocos (PSB), comentou nessa quinta-feira (27), a importância para ela, do Dia Nacional de Paralisação, nessa sexta-feira (28), quando as centrais sindicais prometem reunir nas ruas de João Pessoa mais de três mil trabalhadores contra as reformas da Previdência e trabalhista. Sandra disse que o atual Governo Federal que não representa o povo paraibano ordenou a sua base que aprovasse na Câmara a toque de caixa ontem (26) a Reforma da Trabalhista.

“Esse governo (Temer) que não nos representa, faz uma votação onde rasga direitos de quem mais precisa. Foi uma votação cruel e desrespeitosa com todo um povo”, disse destacando alguns pontos que na sua visão foram altamente prejudiciais aos trabalhadores por ditar o poder de negociação da classe trabalhadora, como foi tirado segundo ela, dos sindicatos que não tem vinculação política. “Ontem ficou muito nítido com quem o povo brasileiro não pode contar. Ontem o prefeito Luciano Cartaxo através do seu partido ajudou a desconstruir direitos da classe trabalhadora”, afirmou a vereadora, convidando o povo paraibano para a grande mobilização da Greve Geral amanhã no Ponto Cem Reis.

De acordo com informações da Central Única dos Trabalhadores da Paraíba (CUT), a previsão é que os ônibus não funcionem, mas o movimento já tem adesão de diversas categorias como bancários, ferroviários, carteiros, professores e servidores da Universidade Federal da Paraíba e professores das escolas públicas, além de diversas outras categorias.

Redação 

Sem comentários: