segunda-feira, 24 de abril de 2017

Igreja Católica orienta eleitor a não votar nos que apóiam reformas

A Igreja está recomendando ao eleitor que não vote no político que for favorável as reformas apresentadas pelo governo do presidente Michel Temer (PMDB), principalmente a da Previdência, na forma que está tramitando no Congresso Nacional.
Na Paraíba, padres de diversas paróquias já iniciaram o movimento de alerta aos parlamentares da bancada federal com a leitura da carta da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que condena as mudanças propostas pela União.
Para o administrador apostólico da Arquidiocese da Paraíba, Dom Genival Saraiva de França, a chegada do Papa Francisco ao posto de maior autoridade da Igreja Católica abriu espaço para discussões como esta sobre a Reforma da Previdência. “Sem dúvida nenhuma, a gente observa que a evangelização do Papa Francisco tem o rosto do povo. A exaltação apostólica, evangelidade estão nessa direção dos grandes apelos e desafios da sociedade”, disse Dom Genival. De acordo com o administrador apostólico, a igreja tomou consciência da necessidade de se manifestar porque está no meio do povo e vive diretamente as problemáticas da população.
PB Agora

Sem comentários: