domingo, 9 de abril de 2017

Governo detecta fraudes no seguro-desemprego na Paraíba

SEGURO DESEMPREGOO Ministério do Trabalho identificou e bloqueou 21 mil pedidos fraudulentos de seguro-desemprego no Brasil, sendo 106 na Paraíba. Com a descoberta, através de sistema antifraude, implantado em dezembro de 2016, o governo deixou de pagar mais de R$ 120 milhões. As fraudes tinham, na maioria, a participação de funcionários públicos, alguns terceirizados. A estimativa para 2017 é evitar o pagamento indevido de R$ 1,3 bilhão.
A plataforma antifraude tem 30 trilhas de auditoria a partir do CPF do requerente do seguro-desemprego ou do abono social. A primeira checagem de dados, feita em requerimentos de agosto a dezembro de 2016, identificou cerca de 45 mil pedidos suspeitos de fraude, que ainda estão sendo investigados, no valor de R$ 145 milhões.
Via internet. Com a plataforma de checagem de dados, a partir de 2018, o trabalhador demitido sem justa causa terá acesso ao seguro-desemprego sem precisar comparecer às agências do Ministério do Trabalho. No momento da demissão, a própria plataforma faz a checagem de dados e a pessoa será informada sobre a quantidade de parcelas que tem direito e a partir de qual data pode comparecer à Caixa para receber seu benefício.
Érico Fabres Com Agência

Sem comentários: