A todos um ótimo São João 2017

A todos um ótimo São João 2017

quarta-feira, 26 de abril de 2017

7 Hábitos: Os Benefícios das Atividades Físicas na Adolescência

A adolescência é um período muito significativo na vida e todo ser humano. Derivada da palavra em latim adolescere, que significa transição; é nela que acontecem as principais mudanças corporais da nossa vida. Além de ser um período de grande questionamento e dúvidas, a puberdade traz à tona instabilidade emocional, alterações de humor. 

De acordo com o Comitê sobre Adolescência do Grupo para o Adiantamento da Psiquiatria (1994), a adolescência tem como base a puberdade – processo hormonal, crescimento e maturação. Vale ressaltar também que as mudanças ocorridas nesta fase da vida são cruciais, principalmente por conta das mudanças físicas, biológicas e psíquicas.

Pensando nisso, escrevo hoje sobre os benefícios dos exercícios físicos para os adolescentes e como podemos ajuda-los nesse período de transição. Mas, para começar, vamos entender ao certo quais são essas tais mudanças.

MUDANÇAS NO CORPO DAS MENINAS

Na infância, o corpo das meninas é bem parecido com o corpo dos meninos. A única diferença que percebemos é o órgão genital de cada um. Quando a adolescência chega, as diferenças começam a ficar mais aparentes.
Para as meninas esse processo de mudança começa acontecer por volta dos 11 anos. É possível observar alguns fatores como: desenvolvimento da mama, cintura mais fina, o quadril se desenvolve, começa o aparecimento de pelos nas axilas e na região pubiana, o útero aumenta, ocorre a primeira menstruação (chamada menarca), a vagina fica com a parede mais espessa, há uma maior irrigação sanguínea no clitóris, a voz fica um pouco mais fina e acelera o crescimento em altura.
Mas não são somente essas as alterações que podemos notar. Nessa fase, mãos, pés e nariz crescem, mas logo se estabilizam e os braços e pernas alongam-se e também crescem. Como essas mudanças costumam ser muito rápidas, é comum a adolescente demorar um pouco para se acostumar com a nova aparência e se sentir estranha.
Junto com a mudança no timbre de voz, vem o aparecimento de acnes. Nessa fase é comum que as meninas começam a sentir um pouco mais de vergonha e também comecem a dar uma atenção maior a imagem corporal.

MUDANÇAS NO CORPO DOS MENINOS

Quando a adolescência chega nosso corpo começa a passar por várias transformações, a voz muda, os pelos aparecem, os sentimentos, desejos e pensamentos já não são mais os mesmo de quando éramos crianças. Diferente das meninas, essas mudanças passam a ser notadas nos meninos a partir dos 12 ou 13 anos.
Além de sentirem-se estranho devido ao crescimento muito rápido das mãos, pés e nariz, podemos observar outras mudanças nos meninos. São elas: o aumento do comprimento e diâmetro do pênis, o desenvolvimento dos testículos, o aparecimento de pelos pelo rosto (barba), axilas e corpo, ocorre a primeira ejaculação, a laringe cresce, a voz começa a engrossar e notasse o estirão do crescimento, que nada mais é que um crescimento muito rápido da altura.
Com tantas mudanças acontecendo ao mesmo tempo, assim como nas meninas, é comum observar nos meninos uma preocupação maior com a aparência.  E, é esse o assunto discutiremos no próximo tópico.

A IMAGEM CORPORAL DOS ADOLESCENTES

Corpo Masculino: Força
Vivemos hoje uma era digital muito rápida e eficaz onde a mídia ganha um papel de destaque na nossa vida. A imagem corporal ganha muita importância devido a grande influencia que sofremos dos meios de comunicação. Para os adolescentes que estão vendo seu corpo mudar e muitas vezes estão se sentindo esquisitos com isso, a imagem corporal imposta pelas propagandas pode ser a causa de um problema.
Como citado anteriormente, com inúmeras mudanças corporais, meninos e meninas passam a sentir um pouco mais de vergonha e a sensação de se sentir ridículo aumenta. É nessa fase também que nota-se uma perspectiva mais crítica com relação ao outro. Observa-se uma grande necessidade em ser diferente e quebrar as regras estabelecidas. Por isso é importante estar sempre disposto a conversar com o adolescente e fazê-lo sentir que não há nada errado com sua aparência e que é preciso se aceitar como é.
Um pouco mais adiante a essa fase, é possível observar que os grupos de amizades se formam e vão criando sua própria identidade. É nesse período que o jovem “se abre” para o mundo e quer descobri-lo. O interesse em conhecer pessoas e lugares só aumenta. E assim, juntos, os adolescentes aprendem a passar pela fase da puberdade até chegarem a maioridade, onde já estão mais centrados e com a personalidade solidificada.
Você deve estar se perguntando o que os exercícios podem fazer para os adolescentes nessa fase. Pois saiba, que a atividade física ajuda e muito nesse período. Vamos entender como.

OS BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE FÍSICA NA ADOLESCÊNCIA

Atividades Físicas na Adolescência
A atividade física aumenta a autoestima e faz com que o adolescente possa passar a conhecer o próprio corpo. Sem contar que ela é essencial para estimular hábitos saudáveis e os pais têm um papel essencial nisso. Estima-se que a obesidade atinge 20% dos adolescentes brasileiros, e esse número aumenta gradativamente. Por isso que quanto mais os pais incentivarem os filhos a se exercitarem e a terem hábitos saudáveis, melhor para eles.
Mas não é só isso. A prática de exercícios promove o relacionamento social e a independência quando praticado em grupo. Melhora a postura e a disciplina, além de auxiliar na composição corporal reduzindo o percentual de gordura. Ter o hábito de se exercitar também leva ao aumento da força, agilidade, flexibilidade, resistência muscular e melhora as condições cardiorrespiratórias. Sem contar que um adolescente ativo tem menos chances de se tornar um adulto sedentário.
É válido ressaltar que é muito importante deixar com que o adolescente escolha qual atividade praticar. Escolher uma modalidade que se identifique, é essencial para favorecer a regularidade nos treinos, a dedicação e a satisfação com a prática escolhida.

BENEFÍCIOS DE CADA MODALIDADE

Pilates: O Pilates trabalha vários grupos musculares ao mesmo tempo, estimulando assim a coordenação motora. Trabalha também a capacidade respiratória e a concentração, o que ajuda não só na parte física, mas também na intelectual.
Como a prática trabalha a consciência corporal, o adolescente consegue perceber suas posturas erradas no dia-a-dia e corrigi-las. Com aulas dinâmicas e diferentes, o Pilates é uma ótima opção para os adolescentes, sem contar que os exercícios de difíceis execuções levarão os jovens a superar seus limites.
Natação: A natação é uma atividade bem completa, os movimentos utilizados na prática envolvem quase todos os músculos, ou seja, nadar proporciona um equilíbrio muscular.
Por exigir uma maior flexibilidade, a natação melhora a postura. Como é um exercício que requer muito oxigênio, trabalhando a respiração o tempo todo, a prática também melhora a capacidade pulmonar. Sentar no gasto de energia, que é essencial para os adolescentes.
Esportes: Além dos benefícios físicos, a prática de esportes traz para o adolescente o sentido de cooperação. São essas atividades que vão ajudar no processo de formação dos jovens.
Praticar esportes coletivos melhora não só a coordenação motora, a agilidade e a capacidade cardiorrespiratória, ela ensina os adolescentes a lidar com as frustrações, ensina a respeitar os amigos da equipe e principalmente o respeito com os adversários.
Musculação: De todas as atividades físicas indicadas para adolescentes, musculação é a mais polêmica. Muitas pessoas acreditam que essa modalidade deve ser praticada apenas por adultos. Isso é um mito.
O adolescente pode sim praticar musculação, desde que já tenha uma maturidade corporal para isso. Outro ponto que levanto é o tipo de treinamento.
Quando falamos em musculação pensamos em hipertrofia muscular, mas musculação não se baseia só nisso. Para os adolescentes o ideal é um programa de treinamento que visa tanto a melhora postural como a melhora do condicionamento físico geral.
Artes marciais: São muitos tipos de artes marciais e lutas que existem, por isso falo de uma maneira geral. As atividades que envolvem disputa corporal, além de melhorarem o condicionamento físico dos adolescentes, trabalham o respeito, a disciplina e o comprometimento.
Essas são algumas modalidades que sugiro para os adolescentes. Existem inúmeras opções e todas elas têm seus benefícios. Basta o praticante experimentar e ver qual se identifica mais.

Hábitos

Os bons hábitos na adolescência influenciam muito na vida adulta – e não falo da questão educativa, mas sim da alimentação e da realização de exercícios. Segundo uma pesquisa feita pelo do jornal britânico Daily Mail afirma que maus hábitos na adolescência prejudicam o futuro. Ainda de acordo com a pesquisa, o óvulo da mulher e o esperma do homem podem sofrer alterações.
A obesidade também é um fator que pode influenciar diretamente na vida dos seus filhos. 
Para ajudar vocês a criar um hábito saudável, separei 7 dicas:
Trace um plano: Isso é básico para que você tenha em mente onde você quer chegar e como fará isso. Pequenas metas ajudarão você a chegar a uma meta maior. Para ajudar, faça uma planilha e coloque na parede do seu quarto, assim você lembrará e terá controle do seu plano.
Comece aos poucos: Começar lentamente é essencial para que seu corpo se acostume ao longo do tempo, seja na questão alimentar ou de exercícios. Você irá perceber que conseguirá alcançar seus objetivos traçados.
Foco: Sempre que quiser sair da linha, sentir aquele preguiça de correr na praça pense no seu objetivo. Talvez por algumas questões você irá desistir de correr ou comer chocolate o dia inteiro. Porém, não será um dia que arruinará seu projeto. É preciso ser forte.
Acredite em você mesmo: Não importa o quanto os outros falem e critiquem, acredite em você mesmo. Com certeza, a maioria das pessoas que te criticam gostariam de estar no seu lugar.
Troque um hábito ruim por um bom: Não adiantará você começar a criar hábitos bons se você continuar com os hábitos ruins. Eles te prejudicarão de alguma forma.
Aprimore com o tempo: Uma das questões fundamentais para continuar com seu objetivo é ler sobre o assunto e discutir com outras pessoas. Além disso, dizer não é fundamental. Seja firme.
Sinta-se bem: Creio que esse é a principal questão que intervem nos hábitos. Se você não tem prazer em praticar o hábito dificilmente conseguirá mantê-lo durante muito tempo. Porém, o prazer pode ser conquistado com o tempo. Quantas vezes depois de fazer alguma atividade ardosa, você não sentiu satisfação?

Conclusão

Atividade Física: Corrida
Rebeldias à parte, a adolescência é uma fase de transformações e descobertas. Identificar-se com uma atividade física e praticá-la é um passo bem importante para se tornar um adulto ativo no futuro.
Independente do tipo de aula que você dá, precisamos ter um pouco de cuidado, carinho e atenção com os adolescentes. Cabe ao educador físico preparar uma aula dinâmica, desafiadora e adequada para a maturidade física do adolescente. É preciso ter conhecimento sobre as mudanças que estão ocorrendo não só no corpo, como também na parte psíquica.
Com consciência e cuidado vai ficar fácil trabalhar com esse público!

 Referências


www.adolescencia.org.br

Sem comentários: