quinta-feira, 23 de março de 2017

Ricardistas ficam impedidos de criticar projeto da terceirização após o governador terceirizar o Trauma e outras unidades

Hospital de Trauma
Tem sido curioso o debate que alguns aliados do governador Ricardo Coutinho têm levado à Assembleia, em relação ao projeto de terceirização aprovado pela Câmara Federal e que seguiu para sanção do presidente Michel Temer. O detalhe é que os mesmos governistas que criticam o projeto são os mesmos que aprovaram, por exemplo, o a terceirização do Hospital de Trauma e outras unidades do Estado.
Aliás, meu caro Paiakan, o Governo Ricardo Coutinho tem batidos alguns recordes nesses sete anos de gestão girassoláica, dentre eles, foi o que mais terceirizou serviços do Estado, o que mais tomou empréstimos para sucessores pagar, o que mais terceirizou a contração de codificados, o que mais aumentou impostos, o que mais aumentou as contas de água e esgotos… Vai por ai.
Então, é prudente que os aliados do governador, antes de criticarem o projeto de terceirização, que realmente é um desastre para a classe trabalhadora do País, façam uma penitência em relação às terceirizações promovidas pelo seu chefe político.
Helder Moura

Sem comentários: