quinta-feira, 16 de março de 2017

Empresa é condenada em R$ 40 mil por homofobia e assédio a ex-funcionário

Empresa é condenada em R$ 40 mil por homofobia e assédio a ex-funcionário
Uma empresa responsável pela administração de duas importantes varejistas brasileiras foi condenada a pagar R$ 40 mil de indenização por homofobia e assédio moral a um ex-funcionário, na cidade de Campina Grande.

Segundo a decisão da Segunda Turma do Tribunal Regional do Trabalho (13ª Região), a vítima sofreu ofensas de cunho homofóbico por superior e colegas de trabalho, por quase três anos.

Os desembargadores concluíram que a indenização de R$ 40 mil mede-se pela extensão do dano, considerando o tempo de duração do contrato de quase três anos, com humilhações diárias. Além do assédio moral houve discriminação no trabalho, uma vez que era dado tratamento diferenciado, de forma mais rigorosa, ao ex-funcionário.

A empresa informaou que adota uma política para prevenir o assédio moral com treinamentos específicos, orientação a gestores e palestras motivacionais.

PB Agora

Sem comentários: