quarta-feira, 24 de maio de 2017

‘Se Aécio não sair do PSDB, quem sai sou eu’, afirma Camila Toscano

A deputada estadual Camila Toscano ameaçou deixar o PSDB caso o senador afastado Aécio Neves permaneça no partido se as acusações que pesam contra ele sejam comprovadas. A declaração da tucana foi dada na manhã desta terça-feira (23).
“Se for comprovado, acredito que ele [Aécio Neves] mesmo deixará o partido. Se ele não deixar, eu tenho que sair. Eu não posso ser colocada na vala comum de onde eu não faço parte”, declarou a deputada estadual.

Ainda segundo a deputada, a corrupção do PSDB se diferencia da do Partido dos Trabalhadores e defendeu que se comprovado o envolvimento de Aécio, o senador afastado tem que ser punido. “O PSDB se diferencia do partido do ex-presidente Lula (PT) e infelizmente o nosso presidente se envolveu, se de fato for comprovado, nessa Lava Jato e ele tem que ser punido”, frisou.

Carta PB

terça-feira, 23 de maio de 2017

Lei Brasileira de Inclusão: surdos poderão ter isenção de IPI na compra de carro zero

Na última semana foi aprovado o PLS 28/2017 na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa.

A ideia desse PLS é alterar a Lei nº 8.989, de 24 de fevereiro de 1995, estendendo a todas as pessoas com deficiência a isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) incidente sobre a aquisição de automóveis.

A legislação atual concede a isenção do IPI apenas para pessoas com impedimentos de ordem física, visual e mental e a autistas, privando pessoas com outros tipos de deficiência sensorial do direito de usufruir do benefício, entre os principais prejudicados estão as pessoas surdas ou com deficiência auditiva severa.

Essa ampliação dos beneficiários da política de isenções de impostos na compra do carro visa atender ao alcance biopsicossocial da deficiência, na forma da lei Brasileira de Inclusão da PcD, corrigindo os resquícios do conceito médico da deficiência.

Eu entendo que essa correção legislativa é necessária e adequada, uma vez que o texto em vigor que garante as isenção do IPI é de 1995, ou seja, anterior à Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência (Decreto 6.949/2009), que expressamente consagra o direito de mobilidade pessoal de todos os seus destinatários, sem fazer diferenciação de deficiência.

A nova proposição também autoriza o beneficiário a fazer uso dessa isenção caso o veículo seja roubado ou furtado, ou sofra sinistro que acarrete sua perda total.

Segundo o site do Senado, o PLS 28/2017 segue agora para a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) para decisão terminativa, ou seja, sem necessidade de ir a Plenário, a menos que haja recurso.

Por Thiago Helton
Fonte: Notícias R7

PSDB-Mulher reforça união do segmento e aprova novo regimento interno

A Executiva Nacional do PSDB-Mulher se reuniu nesta sexta-feira (19) para fortalecer sua união e discutir os rumos do segmento para os próximos anos. Além do alinhamento ideológico, as tucanas aprovaram a última versão do regimento interno que agora está devidamente adequado ao estatuto do partido. O encontro contou com as representantes de todas as regiões do país.
Segundo a presidente do secretariado, a ex-ministra Solange Jurema, o encontro foi muito importante para alinhar pensamentos e para fortalecer a união entre as mulheres tucanas. “Nós temos mulheres de todos os estados brasileiros que convivem diretamente com o povo e conhecem as demandas. E é isso que o Brasil hoje está clamando nas ruas. É preciso que os nossos políticos ouçam as ruas, ouçam a população e escutem o clamor do que a sociedade quer”, disse.
A presidente disse que o compartilhamento de ideias fortalece o segmento e que cada vez mais as pessoas estão se distanciando da política. “Existe uma distância da cúpula do poder da população e eu acho que as mulheres são essa ponte que pode aproximar os nossos políticos do que a população quer e precisa”, afirmou.
A deputada federal Yeda Crusius (PSDB-RS) ressaltou a importância de o PSDB-Mulher reafirmar os valores tucanos frente às mulheres que fazem política no país. “Essa reafirmação dos valores da social democracia tem no PSDB-Mulher um fórum absolutamente importante. O que não podemos aceitar enquanto movimento partidário é que continuem os maus hábitos que levaram milhões de brasileiros e brasileiras às ruas”, declarou, por meio de vídeo enviado à reunião.
A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) deu um depoimento sobre sua trajetória e sobre o orgulho de pertencer ao PSDB. “Um dos motivos que me levou a ser tucana foi a admiração que tenho pelas nossas lideranças. Existe hoje uma necessidade oxigenação na política e no partido. O PSDB tem muita gente boa, muita gente capaz e que pode fazer muito pelo nosso Brasil”, afirmou.
A tucana destacou a importância da continuidade dos trabalhos do governo e os malefícios que os escândalos de corrupção trazem para o andamento das reformas que podem mudar o país.
“A sociedade não aguenta mais. A gente vai dormir sem saber o que vai acontecer amanhã. Todo dia são novas denúncias e todo os políticos estão sendo misturado como se todos fossem corruptos. Isso está afastando as pessoas da política. Não podemos desistir das pessoas, do nosso país, da luta. Temos que mostrar que tem gente boa na política e que são essas pessoas que vão fazer a diferença”, disse.
Para Mariana, a sociedade é quem mais sofre com a instabilidade política. “O Brasil não pode parar mais. Não temos espaço para discutir um outro impeachment. Temos que ter responsabilidade”, completou.
Representatividade feminina
A presidente do PSDB-Mulher do Pará, Maria Alves dos Santos, afirmou que o momento é de muita cautela e de união. “Temos um compromisso maior com o Brasil. Somos obrigadas a buscar forças e enfrentar este momento difícil. Nós precisamos reagir. E a reação já tem que ser ano que vem, durante a eleição. Temos que trabalhar para aumentar a nossa representatividade e nos fazer ouvir”, disse.
Para Eliana Piola, 1ª Secretária do PSDB-Mulher Nacional e presidente do PSDB Mulher de Divinópolis (MG), o momento é de respeito, transparência e rigidez no que refere às políticas públicas voltada para as mulheres. “É preciso que a gente se imponha, O PSDB-Mulher precisa ser ouvido mais”, enfatizou.
A presidente do PSDB Mulher de Pernambuco e deputada estadual, Terezinha Nunes, demonstrou preocupação com as reformas que estavam em andamento e elogiou a indicação do senador Tasso Jereissati (CE) para comandar a sigla.
“Estamos numa situação de perplexidade. O PSDB é um partido que tem responsabilidade e não se mistura em corrupção. Nós não vamos defender nada que não seja legal. Eu acho que a escolha de Tasso foi acertada neste momento em que é preciso rever muita coisa”, disse.
A presidente do PSDB-Mulher do Amazonas, Cecília Otto, enfatizou que o PSDB-Mulher é a voz feminina do partido. “É o momento de reforçarmos a crença no nosso partido, a crença na social democracia. Sempre estivemos a frente dos projetos mais importantes do país”, disse.
A vereadora de Piracicaba e presidente do PSDB-Mulher de São Paulo, Nancy Thame, disse que o diálogo é muito importante em momentos de crise. “É preciso discutir a exaustão para encontrar um senso comum, um posicionamento comum de todas. É assim que se faz uma democracia participativa”, afirmou.
“Essa tem sido uma posição e uma vertente que está sempre presente no PSDB-Mulher, Há mais de década nós caminhamos nesse sentido. São nos momentos mais difíceis a gente tem que fazer o balanço das dificuldades, de possíveis erros e ver o que é preciso fazer para avançarmos”, completou.
Solange Jurema encerrou a reunião agradecendo a presença de todas e dizendo que as mulheres brasileiras exigem responsabilidade com o Brasil e compromisso com a democracia.
PSDB MULHER

Atos libidinosos: juíza condena médico por abuso sexual de pacientes durante atendimento

A juíza Danila Cláudia Le Suer da comarca de Pontalina condenou na última sexta-feira, 19, um médico que atendida no Hospital Municipal da cidade, cuja identidade não foi divulgada, por abuso sexual. Segundo a magistrada, o profissional cometeu atos libidinosos, durante atendimentos no plantão da unidade de saúde, ao tocar nas partes íntimas de duas pacientes. A pena inicial é de 10 anos de prisão.

De acordo com o Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO), umas das mulheres informou que procurou o hospital, no dia 15 de agosto de 2014, pois estava com fortes dores na cabeça, devido a uma crise de sinusite. Ela contou que durante o atendimento, o médico plantonista pediu que ela deitasse em uma maca para que ele pudesse examiná-la, momento em que ele começou a apertar a barriga e a tocar nas partes íntimas dela. Após o atendimento, a paciente deixou local e foi para casa.

No segundo caso, o MPGO informou que outra mulher, procurou a unidade de saúde no dia 28 de setembro de 2014, pois estava com dores nos rins. Ela também foi atendida pelo médico, que repetiu o procedimento e chegou a pedir que ela tirasse as calças e tocou as partes íntimas dela. Constrangida, a paciente se levantou da maca e deixou o hospital.

Após as denúncias, o órgão pediu condenação do acusado por ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com alguém, mediante fraude ou outro meio que dificulte a livre manifestação de vontade da vítima, prevista no artigo 215 do Código Penal.

Em contrapartida, a defesa do profissional alegou a ausência de provas e a materialidade do crime, pedindo o cancelamento do processo. Já a juíza, ressaltou que materialidade do delito ficou provada no boletim de ocorrência, nos prontuários das vítimas, bem como nas declarações prestadas na fase final do inquérito. Ela explica que o crime se diferencia de estupro por não envolver violência ou ameaça.

A magistrada destaca que o médico se valia de sua profissão para fazer com que as vítimas permitissem que ele praticasse os atos libidinosos com elas, satisfazendo assim, seus desejos sexuais.

Diante dos fatos, a juíza decretou prisão preventiva do acusado e o condenou a 10 anos de prisão em regime fechado, sem direito de recorrer da sentença em liberdade. Segundo ela, tem de se levar em conta a gravidade da conduta e que a imposição de regime diverso não atenderia o objetivo da prevenção e repressão ao crime.

Com informações do Tribunal de Justiça de Goiás.

Por Yana Maia
Fonte: dm

Para nossa meditação Salmos 16

Resultado de imagem para biblia1 Guarda-me, ó Deus, porque em ti confio.
2 A minha alma disse ao Senhor: Tu és o meu Senhor, a minha bondade não chega à tua presença,
3 Mas aos santos que estão na terra, e aos ilustres em quem está todo o meu prazer.
4 As dores se multiplicarão àqueles que fazem oferendas a outro deus; eu não oferecerei as suas libações de sangue, nem tomarei os seus nomes nos meus lábios.
5 O Senhor é a porção da minha herança e do meu cálice; tu sustentas a minha sorte.
6 As linhas caem-me em lugares deliciosos: sim, coube-me uma formosa herança.
7 Louvarei ao Senhor que me aconselhou; até os meus rins me ensinam de noite.
8 Tenho posto o Senhor continuamente diante de mim; por isso que ele está à minha mão direita, nunca vacilarei.
9 Portanto está alegre o meu coração e se regozija a minha glória; também a minha carne repousará segura.
10 Pois não deixarás a minha alma no inferno, nem permitirás que o teu Santo veja corrupção.
11 Far-me-ás ver a vereda da vida; na tua presença há fartura de alegrias; à tua mão direita há delícias perpetuamente.

Lula é denunciado por 2 crimes e pode virar réu pela 6ª vez

O Ministério Público Federal (MPF) em Curitiba denunciou nesta segunda-feira (22) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em mais um inquérito da Operação Lava Jato.
Foto: Reuters
Os procuradores acusam o petista de corrupção passiva e lavagem de dinheiro ao supostamente ter “estruturado” o esquema de subornos na Petrobras e recebido propina em forma de obras em seu benefício em um sítio de Atibaia, no interior de São Paulo.
Outras 12 pessoas foram denunciadas, incluindo Marcelo Odebrecht, ex-presidente do grupo homônimo; seu pai, Emílio Odebrecht; o ex-mandatário da OAS Léo Pinheiro; e o proprietário do imóvel que é citado na ação, Fernando Bittar.
Segundo a força-tarefa da Lava Jato, a Odebrecht pagou cerca de R$ 128 milhões em propinas em quatro contratos assinados com a Petrobras, enquanto a OAS teria desembolsado R$ 27 milhões em subornos referentes a três contratos com a estatal.
Boa parte dessas quantias teria sido repassada a partidos que faziam parte do governo Lula, principalmente PT, PP e PMDB. Além disso, R$ 870 mil teriam sido usados para reformar um sítio em Atibaia e adequá-lo às necessidades do ex-presidente. As melhorias teriam sido bancadas pelas empresas Odebrecht, OAS e Schahin.
Se o juiz federal Sérgio Moro aceitar a denúncia, Lula se tornará réu pela sexta vez. Entre os outros cinco processos, o que está mais avançado é aquele que o julga por corrupção e lavagem de dinheiro no “caso tríplex”. A sentença é aguardada para o fim de junho.
O ex-presidente também é réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo que o acusa de ter recebido propina da Odebrecht em forma de um terreno e de um apartamento vizinho ao seu; de obstrução de Justiça por supostamente ter tentado comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró; de tráfico de influência, lavagem de dinheiro, corrupção passiva e organização criminosa no caso que apura contratos da Odebrecht em Angola; e de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa na Operação Zelotes.
Ansa

Google abre inscrições para curso gratuito em oito cidades brasileiras

naom_55de1be12e4c6
A Google está com inscrições abertas para um curso gratuito sobre os fundamentos das tecnologias da Cloud. O treinamento, ideal para desenvolvedores, programadores e especialistas em TI, vai ocorrer no dia 2 de junho.
De acordo com o ‘Olhar Digital’ as inscrições estão abertas, e permanecem disponíveis até um dia antes do curso. As aulas, divididas em sete módulos, vão contar com a participação de especialistas do Google.
Recife, Salvador, Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Belo Horizonte – MG. Clique aqui para agenda completa e inscrição.
Notícias ao Minuto

Conheça a planta que combate estrias

Nativo do cerrado brasileiro, o barbatimão já era conhecido pelo seu alto poder cicatrizante. “Por ser adstringente, ele causa uma tensão e aproxima as bordas das feridas na pele. Como a estria é um machucado interno, o uso da planta é benéfico nesse contexto”, explica o farmacêutico Guilherme Monteiro, que desenvolveu uma pomada com essa indicação pelo Ateliê Saúde Fitoterapia.
O produto, que já está à venda, foi avaliado em pesquisa com 31 mulheres de 18 a 65 anos. Com um mês de uso, mais de 60% delas relataram melhora na quantidade e na textura das estrias e apontaram resultados positivos no aspecto geral das marcas.
Aliás, um estudo publicado na Revista Brasileira de Medicina avaliou o efeito do barbatimão (por meio de outra pomada) na cicatrização. Todas as lesões tiveram redução de pelo menos 30% da área inicial já na primeira semana de uso, o que foi considerado bastante vantajoso.
Como tratar e como evitar estrias
Hidratantes
Não existe uma loção milagrosa capaz de apagar as estrias, mas se sabe que manter a pele hidratada ajuda a impedir sua formação.
Óleos
Eles complementam o efeito dos hidratantes. Aposte em opções como o de semente de uva e o de amêndoas, e use depois do banho.
Colágeno
Essa proteína, que confere elasticidade e firmeza à pele, é uma boa pedida contra as estrias. Pode ser encontrada em pó, cápsulas e bebidas.
Peso
Procure evitar o ganho de peso ou o efeito sanfona. Isso faz a pele esticar muito rápido, o que favorece o aparecimento de estrias. 
Saúde Abril

Alagoinha: Na sexta-feira (19/05) em comemoração ao dia das mães, mais um grande almoço foi oferecido em uma das escolas municipais, a escola da vez, foi a Carlos Martins

Estiveram presente, a primeira – dama Yane Kelly, a vice-prefeita Maria Rodrigues, o secretário de educação Joel Cavalcante, os vereadores Valter Pimentel, Jerfferson Daniel e Marcondes Rodrigues.
O coordenador de comunicação Jean Gomes (Ganso), fez as honras da casa direcionando todo o evento com muita dinâmica e alegria.
Houve apresentações musicais, recitações de poemas com os alunos da escola para as mães do evento.
O secretário de educação Joel Cavalcante, agradeceu a presença de todas as mães, parabenizou os profissionais que trabalharam na grande organização do evento, enfatizou a grande luta das mães solteiras ao criar seus filhos, “As mães que criam seus filhos sozinhas, não são apenas mães, elas sãos mais! ”
O prefeito Jeová José, fez sua participação por meio de uma ligação diretamente da cidade de Brasília, explicou sua ausência e parabenizou todas as mães que se encontravam no evento, em nome das três mulheres da sua vida, sua mãe, sua esposa e sua filha.
Foi servido um delicioso almoço com música ao vivo, sorteios de brindes e em seguida distribuição de presentes.

Justiça condena ex-namorado a indenizar vítima de ‘estelionato sentimental’

Uma mulher será indenizada pelo ex-namorado pelos empréstimos e gastos diversos durante o relacionamento. A decisão foi tomada pela 7ª Vara Cível de Brasília, mas o interessado ainda poderá recorrer dessa sentença.

No processo na Justiça, a mulher disse que começou a namorar com ele em junho de 2010. O casal ficou junto até maio de 2012, pouco depois de ela descobrir que, durante o relacionamento, ele havia casado com outra mulher. No período em que ficaram juntos, a namorada pagou dívidas existentes em nome do então namorado com as instituições bancárias que ele havia se comprometido, comprou-lhe roupas e sapatos, pagou suas contas telefônicas, além de emprestar o carro dela com frequência.

Segundo ela, todas as despesas vinham sempre com a promessa de pagamento no futuro. Para cobrir os valores sacados e para quitar dívidas pendentes, ela precisou fazer novos empréstimos que resultaram numa dívida de R$ 101.537,71. Assim, por causa do que chamou de “estelionato sentimental”, pediu indenização pelos danos materiais e morais sofridos.

Em sua defesa, o ex-namorado garantiu que tudo que ganhou da então namorada eram presentes e que não acha certo que a mulher o cobre por aquilo que lhe ofertou, simplesmente devido ao término da relação. Além disso, afirma que a namorada sabia que ele havia reatado com sua esposa e propôs manter uma relação paralela ao casamento.

A mulher pediu, além da restituição dos gastos com o relacionamento, uma indenização por danos morais por causa da “vergonha que teve que passar perante amigos e familiares, por ter sido enganada e ludibriada por um sujeito sem escrúpulos e que aproveita, intencionalmente, de uma mulher que, em um dado momento da vida, está frágil, fazendo-a passar, ainda, pelo dissabor de ver seu nome negativado junto aos órgãos de defesa do consumidor”.

No entanto, o juiz considerou que essa situação não se caracteriza por danos morais. Por outro lado, a Justiça determinou que o homem devolva os valores depositados na conta dele durante o namoro, os valores correspondentes às dívidas existentes em nome do homem e pagas pela ex-namorada; os valores gastos com roupas, sapatos e contas telefônicas, com juros e correção monetária.

*Matéria de 2016, servindo aqui apenas como curiosidade

Fonte: extra globo 

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Anvisa proíbe venda e uso de 22 lotes de remédio para esquizofrenia

Anvisa proíbe venda e uso de 22 lotes de remédio para esquizofrenia
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou suspensão, em todo o País, da distribuição, comercialização e uso de 22 lotes do medicamento Haldol (haloperidol) injetável, da empresa Janssen-Cilag Farmacêutica Ltda. O produto é voltado ao tratamento de pacientes com esquizofrenia.

A medida tem como base detecção de erro na rotulagem do produto Haldol (haloperidol) injetável, 5mg/mL, 1mL, quanto ao uso para pacientes pediátricos (Haldol injetável não tem indicação pediátrica).

A determinação, publicada nesta segunda-feira (22) no Diário Oficial da União (DOU), leva em consideração, ainda, a classificação de risco à saúde como classe III.

De acordo com a Anvisa, a empresa deve recolher o estoque existente no mercado relativo aos respectivos lotes. Com informações do Portal Brasil.

Notícias ao Minuto

'Carteirada': mulher é presa ao se passar por juíza federal em colégio da Polícia Militar

Uma mulher foi detida, no Parque das Laranjeiras, Zona Centro-Sul de Manaus, quando tentava se passar por uma juíza federal. De acordo com uma fonte, que preferiu não se identificar, a suspeita tentou aplicar o golpe da “carteirada” no Colégio Militar da Polícia Militar (CMPM V), que funciona no espaço físico da Faculdade Nilton Lins.

De acordo com informações preliminares, a mulher foi detida por uma guarnição da 12ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) quando tentava se apresentar como juíza federal. Por telefone, a polícia não quis passar informações sobre a situação que levou a prisão da suspeita.

Um policial do 12º Distrito Integrado de Polícia confirmou a situação, mas não informou se o caso será levado à Superintendência da Polícia Federal, em Manaus. Já a outra instituição nega ter conhecimento do caso.

Nossa equipe de reportagem chegou a ir à delegacia, onde encontrou a mulher, acompanhada de seu advogado e representantes do CMPM V. Uma representante do Conselho Tutelar também estava no local, acompanhando a situação de uma criança presente, que seria filha da suspeita. A criança usava farda da instituição militar. Apesar das tentativas de ouvir os envolvidos, nenhum dos presentes quis conversar com o repórter.

Por Raphael Sampaio
Fonte: Em tempo

Alagoinha: A Escola Municipal Jasson Martins – Sítio Genipapo, comemorou nesta última sexta-feira 19/05, o dia das mães com um grande café da manhã

Na última sexta-feira 19/05, a Escola do Município de Alagoinha Jasson Martins – Sítio Genipapo, ofereceu um grande café da manhã em comemoração ao dia das mães.

Os alunos recitaram versos e poesias oferecido as suas mães, a emoção tomou conta de todas as pessoas que ali se encontravam.

A Diretora Lucilene Figueredo, agradeceu a presença de todas as mães e enfatizou todo o carinho e dedicação que cada funcionário daquela repartição tem para com os pequenos que ali estudam.

Depois do reforçado café foram sorteados brindes, a festa foi finalizada com a entrega de presentes para cada uma das mães, o cantor Fernando Show animou toda a comemoração com suas músicas.

Estiveram presente, a primeira – dama Yane Kelly, a vice-prefeita Maria Rodrigues, o secretário de educação Joel Cavalcante, o vereador Valter Pimentel.