sexta-feira, 29 de abril de 2016

Paraíba recebe 630 mil doses da vacina contra a gripe para campanha que começa neste sábado

vacina-gripe5
A campanha nacional de vacinação contra influenza começa oficialmente neste sábado (30) e vai até o dia 20 de maio, segundo orientações do Ministério da Saúde. Na Paraíba, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) realiza o dia D de mobilização no município de Santa Luzia, no Sertão do Estado. A abertura oficial será às 9h, no centro da cidade, em frente ao Parque do Forró. Do dia 11 a 15 de abril, a vacinação contra a gripe foi antecipada para dois grupos prioritários no Estado: as gestantes e os trabalhadores de saúde.
A vacina contra a gripe é atualizada todos os anos para adequá-la aos vírus circulantes naquela estação. Sua composição é feita minuciosamente por pesquisadores e definida pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Para 2016, a Paraíba recebeu até o momento 630 mil doses da vacina trivalente contra a gripe (63% da meta preconizada pelo Ministério da Saúde). A meta total é vacinar 759.280 pessoas (80% do público-alvo) em todo o Estado. Mais de 2 mil postos de vacinação estarão em funcionamento, das 8h às 17h.
“Vale lembrar que a vacina contra a gripe tem duração de um ano e não previne a doença. Ela previne complicações que a gripe pode causar como síndromes e hospitalizações. Até o dia 13 de maio, o Estado deve receber as demais doses para atingir 100% da meta de vacinação”, afirmou a chefe do Núcleo de Imunização da SES, Isiane Queiroga.
Para este ano, os grupos prioritários da vacinação contra a gripe são: crianças de seis meses a cinco anos, idosos com mais de 65 anos, gestantes, puérperas (mulheres que tiveram bebês nos últimos 45 dias), presidiários e trabalhadores do sistema prisional, população indígena, trabalhadores de saúde, portadores de doenças crônicas e jovens de 12 a 21 anos que cumprem medidas socioeducativas.
“Orientamos que os municípios garantam que sejam aplicadas as doses dentro dos grupos prioritários, do contrário, pode faltar vacina para quem realmente tem prioridade na imunização. Lembramos, ainda, que as pessoas que estão inseridas nestes grupos prioritários procurem as unidades de saúde mais próximas para se vacinarem, evitando deixar para os últimos dias”, alertou Isiane.
A campanha tem contribuído, ao longo dos anos, para a redução de complicações decorrentes da doença, para a diminuição das internações hospitalares e da mortalidade evitável nos grupos vacinados. A ação envolve esforços federais, estaduais (Secretarias Estaduais de Saúde) e municipais (Secretarias Municipais de Saúde). “Pedimos que a população que corresponde aos grupos prioritários procure as unidades de saúde mais próximas para se vacinar. Lembramos, ainda, que sejam tomadas as medidas de controle e prevenção da doença: higienização das mãos, evitar aglomeração, tapar a boca com o antebraço (e não com a mão) quando for tossir, por exemplo”, orientou.
Aplicativo Vacinação em Dia – O Ministério da Saúde disponibiliza aos usuários de smartphones e tablets um aplicativo capaz de gerenciar
cadernetas de vacinação cadastradas pelo usuário. Além de abrigar informações completas sobre as vacinas fornecidas pelo SUS e uma função com lembretes
sobre as campanhas sazonais de vacinação, o aplicativo Vacinação em Dia permite que o usuário crie e acompanhe cadernetas de vacinação, marcando a data da imunização e agendando a próxima.
Além disso, o usuário recebe lembretes sobre as campanhas sazonais de vacinação promovidas pelo Ministério e encontra o detalhamento de todas as vacinas disponibilizadas pelo SUS.
Paraíba Online

Postulador da causa do padre Ibiapina, em Roma, visitará Santa Fé em Solânea


postuladorO bispo diocesano de Guarabira, dom Francisco de Assis Dantas de Lucena, anunciou que receberá nos próximos dias (data ainda a confirmar) a visita de uma comitiva de Roma (Itália), capitaneada pelo postulador da causa de beatificação do padre mestre Ibiapina, Paolo Vilotta.
O objetivo da visita é o de conhecer in loco a história de Ibiapina e a devoção em torno de suas obras de caridade. A equipe deve visitar o Memorial de Santa Fé, no município de Solânea (PB) a fim de coletar testemunhas, relatos e conhecer o espaço físico que guarda os restos mortais do servo de Deus.
Paolo Vilotta sucederá, na condição de postulador, o cônego Francisco Sadoc, cuja visão está bastante limitada e o padre Francisco de Assis, que faleceu.
A informação foi confirmada por Dom Lucena durante entrevista a Pastoral da Comunicação – PASCOM da Diocese de Guarabira.
O padre José Antônio Maria Ibiapina nasceu em Sobral no dia 5 de agosto de 1806 e faleceu em Solânea no dia 19 de fevereiro de 1883.
Homem culto, filho de Francisco Miguel Pereira e Teresa Maria, formou-se em Direito, tendo ocupado cargos na magistratura e na Câmara dos Deputados. Decepcionado, abandonou a vida civil para seguir o catolicismo. Aos 47 anos, iniciou uma obra missionária, percorrendo a região Nordeste em missões evangelizadoras, erguendo inúmeras casas de caridade, igrejas, capelas, cemitérios, cacimbas d’água, açudes. Ensinou técnicas agrícolas aos sertanejos, atuação que inspirou no Nordeste o Padre Cícero e Antônio Conselheiro, e defendeu os direitos dos trabalhadores rurais.
O zelo apostólico do Padre José Antônio Pereira Ibiapina, no percurso do século XIX, no interior do Nordeste brasileiro, deixou marcas significativas, não apenas na organização posterior da Igreja, mas, sobretudo, na vida das pequenas comunidades desta região.
Nertan Macedo, jornalista-pesquisador sério da história sertaneja cearense, afirma que Conselheiro, possivelmente teve oportunidade de participar das pregações do Padre Ibiapina na região de Ipu, Ceará, quando ali morou e que certamente teve forte influência deste missionário. Para reforçar sua tese afirma que o tratamento de “meu Pai” e a saudação “Louvado seja N. S. Jesus Cristo” adotada por Conselheiro e seus seguidores, foram copiadas da prática ibiapiniana.
Portal Arara
Fonte : Pascom/diocesedeguarabira

Preço do gás natural para a indústria é reduzido na Paraíba a partir de 1º de maio

Redução varia de 4,30% a 5,50%, de acordo com a faixa de consumo do cliente (Foto: Secom-PB)
Redução varia de 4,30% a 5,50%, de acordo com a faixa de consumo do cliente (Foto: Secom-PB)
A Companhia Paraibana de Gás (PBGás) vai reduzir, pela segunda vez no ano, a tarifa bruta do gás natural para o segmento industrial. A queda na tarifa média será de 5% a partir do dia 1° de maio, mesmo índice adotado no último mês de fevereiro, com objetivo de garantir competitividade para as indústrias locais que operam com o gás natural em um momento de retração econômica.
A nova tarifa vai beneficiar 37 indústrias paraibanas que exercem papel fundamental na geração de emprego, renda e receitas para o Estado. A redução varia de 4,30% a 5,50%, de acordo com a faixa de consumo do cliente.
O presidente da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (FIEP), Buega Gadelha, classificou como fundamental a redução do preço do gás natural diante do cenário de turbulência do setor, período em que os empresários buscam a otimização dos custos e da competitividade.  “Neste momento de redução do preço do barril de petróleo no mercado internacional e a consequente queda do preço do gás natural, os empresários devem utilizar o produto como alternativa para atenderem às necessidades do mercado interno e externo”, avaliou o empresário.
O diretor presidente da PBGás, George Morais, destacou o relevante papel que a companhia exerce neste momento de dificuldade econômica, diante da sua missão institucional em proporcionar melhores condições de desenvolvimento para o Estado. “A relação entre a PBGás e a indústria paraibana é de mão dupla: se a produção empresarial estiver aquecida, igualmente teremos um desempenho comercial melhor. Portanto, é natural que estejamos trabalhando conjuntamente para retomarmos o crescimento, gerando energia através da utilização do gás natural”, observou.
De acordo com o diretor Técnico Comercial da PBGás, Carlos Augusto Vasconcelos, a redução no custo do gás, neste momento, decorre do recuo do valor da commodity no mercado internacional, o que ocasionou a redução do preço do gás pela supridora Petrobras, além da redução dos custos operacionais da PBGás em razão da melhoria dos seus processos.
“É essencial que as empresas no nosso estado tenham alternativas energéticas para garantirem que seus produtos sejam atrativos para o mercado. O gás natural é um insumo muito importante para o desenvolvimento e processo produtivo de grande parte das indústrias paraibanas. Por normalmente envolver grandes volumes, a diminuição do preço no acumulado do ano de 10% gerará uma redução bastante considerável do custo operacional e criará condições para a continuidade de investimentos”, completou.
ClickPB

Desemprego cresce para 10,9% e atinge 11 milhões de pessoas

desempregoA taxa de desocupação atingiu 10,9% no trimestre móvel encerrado em março último, resultado 1,9 ponto percentual acima da taxa de 9% do trimestre fechado em dezembro de 2015 e 3 pontos percentuais a mais que no mesmo trimestre de 2015, quando o desemprego estava em 7,9%. Esta é a maior taxa de desemprego da série histórica da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad Contínua) iniciada em 2012.
Os dados foram divulgados hoje (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A população desocupada chegou a 11,1 milhões de pessoas, aumentando 22,2% (2 milhões de pessoas), em relação ao número de desempregados do período imediatamente anterior (outubro a dezembro de 2015).
No confronto com igual trimestre do ano passado, o número de desemprego subiu 39,8%, o que significa um aumento de 3,2 milhões de pessoas desocupadas.
Os dados do IBGE indicam que, no trimestre encerrado em março último, a população ocupada do país estava em 90,6 milhões de pessoas, apresentando uma redução de 1,7%, quando comparada com o trimestre de outubro a dezembro de 2015. Em comparação com igual trimestre do ano passado, houve queda de 1,5% na população ocupada, representando menos 1,4 milhão de pessoas.
Agência Brasil

MULHER QUE JÁ ESTAVA NA MENOPAUSA ENGRAVIDA APÓS SER ATROPELADA

naom_572337b558b53Kate Mansbridge, de 43 anos, moradora da Inglaterra, foi considerada um verdadeiro “milagre médico”. Aos 27 anos ela entrou na menopausa e ficou sabendo que não poderia mais ser mãe. Pelo menos não pelo método normal.
Três anos depois, por incrível que pareça, um acidente que quase a matou foi também o que a salvou.
A mulher foi atropelada durante um passeio de bicicleta na França, enquanto estava de férias. Os ferimentos foram tão graves que necessitou de doze operações.
A britânica pensou que nunca mais ia conseguir andar mas o acidente permitiu com que ela se tornasse mãe pela primeira vez. Isto porque o seu corpo sofreu alterações hormonais. Era como se se tivesse reiniciado, revertendo a menopausa.
Quando a enfermeira sofreu o acidente os médicos ficaram surpresos por ela ter sobrevivido ao impacto. Ela chegou a fraturar as pernas e a pélvis, causando lesões cerebrais e provocando um enfarte.
“As pessoas me dizem que é um milagre e sei que o é”, reconhece.
Ela recorda o momento em que lhe disseram que não poderia ser mãe e diz ter ficado devastada. “Me dizerem que não podia ter filhos foi um tremendo choque, mas acabei por aceitar que nunca poderia ser mãe”, adianta.
Hoje ela tem a filha Ruby, de seis anos, “a filha que sempre quis”. “Apesar de o acidente ter sido a pior coisa que me aconteceu e levei anos para me recuperar foi também a melhor coisa que me aconteceu. Sem o acidente não poderia ter tido uma filha”, explica.
Outra curiosidade é que Kate passou a falar fluentemente francês e com um sotaque sul-africano. O fenômeno raro pode acontecer a alguns pacientes, como resultado do enfarte.
Notícias ao Minuto

CABRITO QUE PARECE HUMANO NASCE NA MALÁSIA

naom_57234250e6717Um cabrito que tem formas humanas surpreendeu os moradores de uma fazenda no Estado e Johor, na Malásia. O animal, que não sobreviveu, teve seus restos mortais enviados a uma clínica veterinária local. As fotos da criatura viralizaram na internet.
O dono da fazenda, Ibrahim Basir, de 63 anos, teria recebido diversas propostas de curiosos que ficaram interessados em comprar o animal, de acordo com o site Asian Correspondent. Ele, no entanto, decidiu doar o corpo do cabrito para pesquisadores.
“Quando fui ver, fiquei chocado mas também fascinado”, disse outro proprietário da fazenda. “O rosto, nariz, as pernas curtas e até mesmo o corpo mole lembram um bebê humano, mas o pêlo que cobre o corpo lembra um cabrito.”
Enquanto alguns internautas afirmam que a criatura é um cabrito com falhas genéticas, outros levantam a hipótese de que o animal é fruto do cruzamento de uma cabra com um ser humano. Há, ainda, quem tenha comparado o animal ao famoso personagem Chewbacca, da série Star Wars. Com informações do portal Último Segundo.
Notícias ao Minuto

Oposição de Alagoinha participam de congresso sobre eleições

Em CAMPINA GRANDE - Lideranças políticas de Oposição de Alagoinha, Pré Candidato a Prefeito Alírio Pontes, Jeová, Vereadores: Maria de Zé Roberto Valter Pimentel, Luiz e Kito participam do congresso Eleja-se que acontece durante todo o dia desta sexta-feira (29), no Garden Hotel, zona leste da cidade.
Diversos expert em marketing eleitoral e autoridades participam do Eleja-se.

Muro de Creche é Pichado em Alagoinha

O Muro da Creche  Maria Jose Barbosa de Lucena, de Alagoinha, foi  pichado na Madrugada de hoje. 
Blog do Cristiano Alves

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Alugo Toalhas de Mesas para Eventos!

A Decor Arte possui uma grande variedade de tamanhos, modelos, tecidos, cores e estampas de Toalhas para Mesas deixando seu evento charmoso e harmônico. Alagoinha-PB cel: (083) 88754368 Org: Widemar Silvestre

Deputados aprovam projeto para evitar que crianças sejam esquecidas em carros

Em dezembro de 2014, o menino Gabriel Martins de Oliveira Alves, de 2 anos, morreu depois de ser esquecido dentro de um carro em Vicente de Carvalho, Zona Norte do Rio. Para evitar que casos semelhantes voltem a ocorrer, a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro aprovou um projeto de lei que pretende obrigas estabelecimentos públicos e privados a alertar motoristas a não deixarem crianças trancadas dentro de veículos estacionados.
Proposto pelo deputado Tio Carlos (SDD), o projeto estabelece normas preventivas para evitar o abandono involuntário de menores no interior de veículos. Pelo texto, aprovado em segunda discussão, os estacionamentos deverão notificar os pais e responsáveis com avisos sonoros ou texto impresso no ticket.
O projeto de lei prevê ainda que os estabelecimentos deverão publicar cartazes em locais visíveis. Em caso de descumprimento, os locais poderão ser penalizados com multas de mil UFIRs-RJ (aproximadamente R$ 3 mil).
Para o deputado Tio Carlos, autor da proposta, com estas normas há expectativa de cair o número de casos em que crianças são esquecidas trancadas dentro de veículos.
A proposta agora segue para apreciação do governador em exercício Francisco Dornelles, que poderá vetá-lo ou sancioná-lo.
Relembre
O último caso de grande repercussão no Rio de criança deixada trancada dentro de um carro teve desfecho trágico. O pequeno Gabriel Martins de Oliveira Alves teria ficado pelo menos duas horas dentro de um veículo usado para transporte escolar irregular.
A responsável pelo transporte, Cláudia Vidal da Silva, à época com 33 anos, deixou o menino dentro do carro para poder fazer as unhas em um salão de beleza. Foi o que apontou a investigação policial. Ela chegou a mentir para a polícia, dizendo que Gabriel sofreu um mal súbito.
Cláudia chegou a usar uma amiga como álibi, fazendo-a se passar pela mãe de Gabriel quando o menino deu entrada no Hospital Municipal Francisco Telles, em Irajá. O menino morreu depois de dar entrada na unidade de saúde, o que levou à abertura do inquérito policial.
"Meu filho tinha só 2 anos. Meu filho não sabia nem falar. Como meu filho ficou sozinho trancado dentro de um carro no calor? Ele não tinha nem como pedir ajuda", disse ao G1 a mãe de Gabriel, Carla Martins de Oliveira, quando o caso ocorreu.

G1

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Paraíba tem 3ª maior concentração de ‘Marias’ do Brasil, diz IBGE

 (Foto: Lucas Nanini/G1)
(Foto: Lucas Nanini/G1)
A Paraíba tem 423.026 ‘Marias’. Isso faz com que o estado tenha a terceira maior concentração de pessoas registradas com este nome no Brasil, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta quarta-feira (27). São 11.231,19 ‘Marias’ na Paraíba a cada 100 mil habitantes e apenas Piauí e Ceará têm maior concentração de pessoas com este nome.
O pico de popularidade do nome foi registrado na década de 1960, mas em 2000 44.260 ‘Marias’ nasceram no estado. O nome é tão popular que há 1.264 homens batizados com ele no estado. João Pessoa tem quase o dobro de ‘Marias’ em relação a Campina Grande: são 65.732 na capital e 36.320 em Campina Grande.
A pesquisa também diz que são 222.977 ‘Josés’ no estado, que foi mais popular entre os anos 1950 e 1960, mas no ano 2000 nasceram 1.111.301 novos ‘Josés’ no estado. Ele segue no registro de 6,41% da população atualmente. Assim como acontece com o nome ‘Maria’, a Paraíba também tem a terceira maior concentração de ‘Josés’ no Brasil, também perdendo apenas para Piauí e Ceará.
Tanto ‘Maria’ quanto ‘José’ são os nomes mais comuns registrados no estado desde o período anterior ao ano de 1930, segundo a pesquisa. No site do IBGE, é possível pesquisar a popularidade de um nome no país, por estado e município e também por década. Confira.
Veja os dez nomes mais comuns no estado, segundo a pesquisa do IBGE.
Fonte: IBGE
NOME FEMININOPOPULAÇÃONOME MASCULINOPOPULAÇÃO
Maria423.026José222.977
Ana62.654João73.799
Josefa34.822Antônio64.275
Francisca29.945Francisco63.119
Severina20.838Severino34.654
Rita14.293Pedro24.922
Antônia11.141Carlos23.080
Adriana10.755Manoel21.820
Juliana8.712Paulo19.827
Aline8.550Luiz17.658
G1 PB

Partidos têm prazo prorrogado para entrega de prestação de contas

Partidos têm prazo prorrogado para entrega de prestação de contas
 O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) alerta aos Partidos Políticos quanto à Portaria nº363/2016, que prorroga para o dia 2 de maio de 2016, a data limite para a entrega da prestação de contas anual dos partidos políticos, relativo ao exercício financeiro de 2015, foi publicada na última sexta-feira (22) no Diário da Justiça Eletrônico.

Subscrita pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Dias Toffoli, a portaria considera que o prazo limite para prestação de contas recai no sábado (30), data em que não haverá expediente no âmbito da Justiça Eleitoral.


PB Agora

Recursos da CIDE-combustível poderão ser iguais entre União, Estados e Municípios

Recursos da CIDE-combustível poderão ser iguais entre União, Estados e MunicípiosUma proposta de Emenda à Constituição com o objetivo de distribuir igualitariamente os recursos da CIDE-combustível entre a União, Estados e Municípios foi aprovada nesta quarta-feira (27) em reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, presidida pelo senador José Maranhão (PMDB/PB). A PEC 1/2015 seguiu para o plenário do Senado, onde deverá passar por dois turnos de votação.

A proposta busca uma distribuição equilibrada da arrecadação da CIDE-Combustível, um tributo cobrado sobre a venda de petróleo e derivados, gás natural e etanol. Ao apresentar a PEC, o autor, senador Wellington Fagundes (PR–MT), justificou que a distribuição atual dos recursos da CIDE reflete o desequilíbrio federativo. Hoje, do total arrecadado, a União fica com 71%, os estados com 21,75% e os municípios com 7,25%. A proposta prevê uma distribuição igualitária da CIDE (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico): um terço ficaria com o governo federal e a mesma proporção iria para os governos estaduais e as prefeituras.

O presidente da CCJ, senador José Maranhão, destacou que a proposta faz justiça fiscal a estados e município que, segundo ele, são hoje os entes federativos mais sacrificados com a tendência natural da União de absorver o grosso dos recursos arrecadados. “A situação dos municípios pequenos, de estados nordestinos e até do centro-sul do país é dificílima, gravíssima” afirmou o senador, ao lembrar que mesmo com a recente doação do governo federal de equipamentos para manutenção de estradas carroçadas, a maioria dos municípios nordestinos sequer consegue utilizar essas máquinas por falta de recursos para combustíveis e revisões gerais.

“A União é extremamente injusta com estados e municípios, sendo o município o ente mais importante para a cidadania, porque é onde nascemos, vivemos, trabalhamos e pagamos os nossos tributos que não têm retorno na hora da distribuição. Tenho esperança na decisão favorável do plenário do Senado, que é municipalista. Afinal, nosso compromisso é com a Federação. O papel do senador é representar bem o seu estado nesta casa do Legislativo”, resumiu José Maranhão ao saudar a aprovação da proposta na CCJ.


PB Agora

Rio 2016 terá a maior cobertura da TV

Rio 2016 terá a maior cobertura da TV
O Comitê organizador do Rio-2016 divulgou nesta segunda-feira (25) que a cobertura televisiva das Olimpíadas será a maior da história no evento.

Os números são colossais: audiência de 5 bilhões, 20 mil profissionais de televisão e quase 6 mil de imprensa. Só do grupo NBC Universal, que vai transmitir em TV aberta, paga e internet para os Estados Unidos, serão 3 mil profissionais, ocupando um edifício inteiro no Rio.

Do maior grupo brasileiro, o Globo, juntando TV aberta, paga, internet e demais, serão 2 mil. Na Copa de 2014, também no Brasil, foram mais: 2.500. Ao jornal Folha de S.Paulo, o diretor de Esportes da Globo, Renato Ribeiro, disse que apesar da redução, "esta é a maior cobertura da história da Globo".

"Não há comparação com a Copa do Mundo, pela diversidade de esportes e pela quantidade de competições. É preciso entender a dimensão de um evento e de outro. O Brasil é o país do futebol, a maior paixão esportiva da população. Mas era apenas um esporte em 64 jogos pelo país. Já nos Jogos serão 42 esportes, inclusive o futebol, e 10,5 mil atletas, contra os 700 jogadores da Copa", afirma Renato.

Questionado sobre o anúncio da concorrente de que fará sua maior cobertura, Douglas Tavolaro, vice-presidente de Jornalismo da Rede Record, não responde com números, mas com as experiências anteriores.

Com Vancouver 2010, Londres 2012 e Socchi 2014, segundo Tavolaro, "a Record atestou ao mercado publicitário e ao telespectador que está apta a cobrir os grandes eventos mundiais. Conseguimos um grande valor institucional, fortalecendo nossa marca".

O evento esportivo começa no dia 5 de agosto.

Na Telinha

GOVERNADOR REDUZ COTA DE COMBUSTÍVEIS E FALTA ATÉ MATERIAL DE LIMPEZA EM DELEGACIA

Policiais-empurrando-viaturaUm dos problemas mais graves que a Paraíba enfrenta, atualmente, é a questão da insegurança. Não há quem não tenha uma história pra contar sobre si, um parente, um amigo, vitimas de algum tipo de violência. Algo que já colocou João Pessoa (região metropolitana) como a 4ª cidade mais violenta do mundo (mais em goo.gl/VRBBN2), em capitais com mais de 300 mil habitantes, e em zonas sem guerra.
Pois, esse cenário deve se agravar. O governador Ricardo Coutinho acaba de determinar a redução na cota de combustíveis para as viaturas policiais em todo Estado. Até o mês passado, havia uma autorização para até 30 litros por dia de combustível, o que dava um pouco mais de R$ 1 mil por mês/viatura. Agora, a autorização só cobre até R$ 800 para os mesmos trinta dias. Acabou, só haverá reabastecimento, se houver um motivo “muito forte”.
A crise é tamanha que, em alguns locais, os próprios delegados estão fazendo uma cotinha entre eles para a aquisição de material de limpeza, já que a Secretaria de Segurança não tem feito a liberação de verbas solicitadas para esses itens. Em algumas delegacias, só há papel ofício. “Faltam até as capas que são utilizadas para os termos circunstanciados de ocorrências”, revela um delegado ao Blog.
Helder Moura

Fies vai adotar seleção com nota de corte e opção de mudança de curso

fiesO Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) terá mudanças no processo de seleção de alunos e na escolha de cursos prioritários a partir do segundo semestre de 2016. O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse nesta quarta-feira (27) que o objetivo é estimular a participação no programa e diminuir a ociosidade.
As alterações ocorrem após entidade do setor apontar que, segundo levantamento, quase metade das 250 mil vagas de financiamento do primeiro semestre estavam ociosas.
A partir do segundo semestre, o Ministério da Educação (MEC) vai adotar sistema parecido com o do ProUni na hora da seleção dos estudantes: os inscritos poderão mudar a opção de curso quantas vezes quiserem de acordo com a nota de corte que será divulgada pelo sistema a partir do segundo dia de inscrições.
O processo seletivo do segundo semestre será antecipado para 14 de junho e seguirá até o dia 17. O resultado sairá em 20 de junho.
Nota de corte
No novo formato do processo, o estudante escolhe inicialmente uma opção de curso. A partir do segundo dia de inscrições, o Fies Seleção calcula e divulga a nota de corte para cada curso.
Durante o período, o estudante pode alterar sua opção de curso quantas vezes desejar.
As inscrições ocorrerão ao longo do semestre, de acordo com a disponibilidade das vagas. Caso o candidato altere ou cancele sua inscrição no Fies Seleção, a vaga volta a ser disponibilizada pelo sistema para nova inscrição.
Vagas remanescentes
Além disso, segundo o MEC, está prevista nova etapa de inscrição para vagas remanescentes com prazo específico para estudantes inscritos e não aprovados.
“O objetivo básico das mudanças no Fies é melhorar o número de inscrições”, reafirmou o ministro.
O MEC diz ainda que haverá aumento de vagas na mesma proporção do ProUni para oferta do FIES (até o limite de 10% das vagas).
“Vamos aumentar as vagas do Fies da mesma forma que aumentamos as do ProUni”, afirmou Mercadante.
Distribuição de vagas
Em março, o Ministério da Educação alterou procedimento relacionado ao processo seletivo do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do primeiro semestre deste ano para permitir que a redistribuição de vagas remanescentes ocorra para outros cursos da mantenedora da instituição de ensino, e não apenas entre os cursos da própria instituição em questão.
As vagas remanescentes são aquelas não ocupadas pelo processo seletivo em cursos sem candidatos em lista de espera.
Nova portaria normativa publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial da União afirma que essas vagas agora poderão ser redistribuídas “entre os demais cursos da mantenedora”, se esgotada a possibilidade de redistribuição entre os cursos da própria instituição de ensino.
As mantenedoras são as entidades responsáveis pela manutenção das instituições de ensino superior.
Ociosidade apontada por sindicato
A mudança ocorre dias após o Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior (Semesp) divulgar que quase metade (46%) das 250 mil vagas disponibilizadas pelo Financiamento Estudantil (Fies) neste primeiro semestre de 2016 não tinham sido preenchidas, segundo levantamento amostral feito com 70 associados.
À época, o MEC informou que o processo seletivo do Fies ainda está em curso, por isso não é possível quantificar o número de vagas que resultaram em contratos de financiamento ou não. Ainda, de acordo com o ministério, o final do processo se dará no dia 30 de junho e que são adotadas estratégias para ocupação de eventuais vagas remanescentes.
Entenda: Sisu x Prouni x Fies
As três siglas representam iniciativas do governo federal na gestão do ensino superior. O Sisu é a sigla para Sistema de Seleção Unificada. Através do Sisu, instituições públicas – sem cobrança de mensalidade – selecionam alunos tendo como critério a nota do candidato no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).
O Prouni concede bolsas de estudos integrais ou parciais em universidades privadas. O foco são estudantes que saíram de escolas públicas e têm baixa renda.
Já Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) oferece contratos de financiamentos. Para se inscrever, no Fies é precisto ter feito o Enem a partir de 2010, com nota final de pelo menos 450 pontos, e ter renda familiar mensal bruta per capita de até 2,5 salários mínimos.
G1

Lei dá garantia a bancos em uso do FGTS no Minha Casa, Minha Vida

fgtsOs bancos passam a ter garantia do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) nos contratos de financiamento do programa Minha Casa, Minha Vida, com prestações parcialmente custeadas com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).
O Diário Oficial trouxe hoje (27) uma medida provisória, convertida em lei, que mudou as regras do Programa Minha Casa, Minha Vida para garantir o pagamento quando o beneficiário não quitar as prestações do imóvel. O objetivo é assegurar ressarcimento ao FGTS quando as prestações dos imóveis não forem pagas. O FAR deverá assumir a dívida do agente financiador e cobrar as prestações atrasadas do mutuário.
A lei amplia a garantia feita pelo FAR, que compensa quando as prestações não são pagas por causa da morte ou invalidez permanente do mutuário ou quando há danos físicos ao imóvel financiado.
“O FAR poderá prestar garantia à instituição financeira em favor do beneficiário nos casos de operações de financiamento habitacional ao beneficiário com desconto concedido pelo FGTS para aquisição de imóveis”, diz a lei.
Foi vetado dispositivo, incluído pela Câmara dos Deputados, que direcionava 10% dos recursos destinados pela União ao programa Minha Casa, Minha Vida para a construção de imóveis para pessoas de baixa renda em municípios com menos de 50 mil habitantes. Na explicação para o veto, o governo diz que o dispositivo não prioriza o atendimento do programa nos municípios com maior déficit habitacional.
Agência Brasil

Três jacarés são achados perto de casas na Paraíba, um deles com 2 metros

Jacaré de 2 metros foi encontrado em Quadramares (Foto: Wagner Varela/Polícia Militar)Três jacarés adultos foram encontrados em áreas residenciais da Grande João Pessoa entre a madrugada e a manhã desta quarta-feira (27). As capturas aconteceram nos bairros de Quadramares e Alto do Mateus, na Capital, e também na cidade de Bayeux.
Segundo o sargento Pedro de Alcântara, do Batalhão de Polícia Ambiental, os bichos encontrados são ariscos e oferecem risco para população. O menor deles, resgatado nesta manhã no Alto do Mateus, tem cerca de 1,20 metro de comprimento. Os outros dois foram capturados durante a madrugada. O animal encontrado em Quadramares tem cerca de 2 metros, enquanto o resgatado em Bayeux tem 1,50 metro.
“Foi necessário um cuidado especial para resgatar esses animais, pois não podíamos causar estresse a eles, tampouco machucá-los. Como são bichos que fugiram do habitat natural, ou seja, não foram criados em cativeiros, os jacarés estavam bastante ariscos. E são bichos adultos, que poderiam causar um grande estrago caso atacasse um humano”, explica o sargento.
 Ainda conforme Pedro de Alcântara, o número de jacarés encontrados em áreas próximas a casas tem aumentado nos últimos dias. Segundo ele, isso se deve às ocorrências de fortes chuvas. “Com as chuvas, eles podem acabar sendo arrastado pelas galerias. Outro fator que pode interferir é o período de acasalamento, que faz com que os bichos saiam em procura de parceiros”, analisa.Os jacarés foram levados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), na Mata do Amém, e serão soltos no seu ambiente natural em breve.
Portal Correio

Bela Ação: Brasília recebe edição de projeto que entrega doações a moradores de rua

The Street Store/Reprodução  Os mais de 2,5 mil moradores de rua do Distrito Federal, segundo a Secretaria Adjunta de Desenvolvimento Social, vão ganhar uma ajuda para conseguir roupas doadas. Isso porque Brasília vai receber pela segunda vez o The Street Store, no qual voluntários arrecadam esses objetos para doação e, na sequência, simulam uma loja para que pessoas desfavorecidas possam escolher as que mais lhes agradem.

Quatro jovens universitárias foram as responsáveis por trazer a iniciativa para Brasília: Cecília Macedo, Isabella Bonato, Malu Fialho e Marcela Nóbrega. “A Cecília ouviu falar do projeto no ano passado. Ela já trabalha com eventos e quis promover a The Street Store em Brasília, aí chamou alguns amigos”, explica Marcela. “A ideia de fazermos doações de maneira diferenciada, com a possibilidade das pessoas escolherem o que as agradam, conquistou o coração de todos os organizadores”, completa Isabella. 

O diferencial em relação a uma doação comum, explicam as organizadoras, é o fato de oferecer à pessoa em situação de rua a oportunidade de escolher aquilo que deseja. “O beneficiado tem a possibilidade de optar pela roupa, pelo sapato ou pelo acessório que quiser, desde tamanho, cor e modelo. É uma forma de trazer dignidade, como se estivesse em uma loja mesmo, recebendo atendimento e tudo”, enfatiza Malu.

No ano passado, foram arrecadadas 6 mil peças, e 550 pessoas em situação de rua foram beneficiadas. Segundo as organizadoras, a expectativa de doações foi mais do que dobrada. “Isso foi muito impressionante para mim e, até hoje, não acredito. É algo surreal, porque conseguimos impactar muita gente e separar muita roupa”, avalia Cecília.

O sucesso do evento fez com que ele ganhasse uma segunda edição, que será realizada em 21 de maio, na Rodoviária do Plano Piloto. Quem quiser contribuir, pode doar roupas, cobertores, calçados, acessórios e brinquedos em pontos de coleta espalhados pelo DF. A organização também está à procura de voluntários que possam trabalhar no evento. Mais informações estão disponíveis no Facebook.

Criada na África do Sul em 2014, a The Street Store já percorreu diversas cidades do mundo, como Bruxelas, Buenos Aires e Las Vegas. No Brasil, a loja de rua já foi montada, entre outros municípios, em São Paulo, Belém e Teresina. A segunda edição em solo brasiliense será a 411ª ao redor do globo.

“A gente quer comida, diversão e arte”

Além de roupas, a iniciativa também arrecada livros e gibis para pessoas em situação de rua. "O livro tem a capacidade de transportar as pessoas para outras realidades. Ele funciona como um universo paralelo capaz de tirar as pessoas momentaneamente daquela realidade, além de ser um incentivo aos estudos”, diz Isabella. 

A arrecadação de livros também aconteceu no ano passado. Isabella afirma que eles tiveram uma boa aceitação. “Várias crianças saíram com um exemplar debaixo do braço. Também fizemos uma parceria com o projeto ‘Espalhe Palavras’, que cria gibitecas em escolas públicas.”

Público solidário


Após o sucesso da primeira edição da The Street Store, as organizadoras acreditam que o público brasiliense seja solidário. “No dia a dia, vejo que a maior parte das pessoas passa direto pelos mais carentes e em situação de rua, que acabam ficando meio ‘invisíveis’. Mas quando vimos o enorme engajamento que tivemos nesse evento, percebi que também tem muita gente disposta a ajudar como pode”, opina Marcela. 

Para Cecília, “o evento pode ser uma abertura para a discussão sobre essas pessoas e o que se pode fazer para tirá-las dessa situação”. “Nós fomos muito bem recebidos por muitas pessoas. Acredito que a cidade é bem solidária”, pondera.

Já Malu afirma que a participação na iniciativa trouxe uma contribuição pessoal. “O projeto tem muito a ver com o meu propósito de vida. Desde que me entendo por gente faço coisas voluntárias. Esse projeto em especial abriu meus olhos pra uma realidade que a gente acha que entende, mas só estando de perto pra realmente saber como é”. 

A estudante finaliza com um convite. “A gente passa dias e dias com vontade de fazer a diferença e ajudar alguém e nem sempre sabe pra onde ir, que projeto apoiar. Essa é a oportunidade de apoiar uma causa que pode ajudar muitas pessoas. Ajude como você puder: doando, sendo voluntário ou compartilhando o projeto. Toda ajuda é bem-vinda”.


Correio Braziliense